Celebrando o Dia Mundial do Ambiente

  • On 5 Junho, 2016

environment

Seguindo o costume dos últimos 42 anos, é celebrado hoje em todo o mundo o WED 2016 – Dia Mundial do Ambiente. Este ano o país anfitrião é Angola e o tema escolhido é “Lutar pela vida selvagem”.

Sendo o principal objetivo da celebração deste dia, a sensibilização para a preservação do ambiente, aproveitamos para partilhar alguns indicadores importantes que permitem à ASM Energia angariar continuamente pontos positivos no que toca à sua Responsabilidade Ambiental.

De acordo com parecer da CCDR, trienalmente procedemos à monitorização do impacto que as nossas emissões atmosféricas têm no ambiente. Nesse sentido, foram realizadas este ano monitorizações a algumas das nossas chaminés, nas quais foi verificado que os valores limite estabelecidos para as mesmas estão a ser cumpridos.

Também comemoramos 2015 como o segundo ano consecutivo de cumprimento das metas de Consumo Específico de Energia definidas pela ADENE. Sendo a ASM Energia, um consumidor intensivo de energia regulado pela legislação ambiental, deverá manter este consumo abaixo de 4,047kgEp/m2 chapa pintada até 2019.

Todos os resíduos produzidos pela ASM Energia são alvo de seleção, recolha e registo criteriosos, sendo recolhidos por entidades licenciadas para o efeito. Existe um esforço paREN21ra a redução da quantidade de resíduos produzida, principalmente dos resíduos considerados perigosos ou banais, bem como a preocupação cada vez mais presente da reciclagem.

Para finalizar, o nosso produto por si só, simboliza o ambiente. A energia eólica superou mais uma vez o seu record de instalações em 2015. Foram instalados mundialmente mais de 63GW de potência (num total de 433GW) correspondente a um crescimento de 22% relativamente ao ano de 2014. A energia eólica foi a principal fonte de nova geração de energia na Europa, Estados Unidos e a segunda principal na China. Melhorias na tecnologia e redução dos custos de instalação, tornam atualmente a energia eólica onshore numa das fontes de energia elétrica disponíveis mais competitivas.

 1

0 Comments